Postagens

Mostrando postagens de 2013

Concurso Cultural: Simplesmente Fomos Ver!

Imagem
Concurso Cultural: Simplesmente Fomos Ver

Em nossas melhores aventuras pelo mundo, sempre nos conectamos a alguém. Alguém que nos entende, que nos anima e com quem podemos sempre contar. Este concurso é para os melhores amigos. Aqueles inseparáveis, que riem, choram, se encontram e se perdem e tudo ao mesmo tempo.
E para comemorar o 5º ano do meu blog (Sim, o blog faz 5 aninhos dia 2 de outubro!!!)... temos um concurso divertido para todos vocês!!!

Na Holanda, Vanessa e eu não tivemos muito tempo juntas para aproveitar. Já estava no fim de nosso intercâmbio quando nos conhecemos. E mesmo assim fizemos valer a pena. Sem fronteiras, andamos pela Holanda de bicicleta em busca de seus parques , flores e cultura. Brasileira e espanhola unidas pelas tulipas e tamancos.

Na Bélgica, Cíntia e Amanda se tornaram amigas e compartilharam aventuras e viagens. Conheceram mais cidades que os próprios belgas, se meteram em enrrascadas e tiraram muitas fotos. E foram tantas maluquices, que a aventura …

Carreto e Mudança

Eu já tinha preparado um post. Divertido. Eu tinha escrito tudo em um papel. Um papel de rascunho que peguei no trabalho e ao voltar muito cedo do horário de almoço, resolvi passar o tempo escrevendo meu post. Não era nada assim... uma brastemp, mas era alguma coisa e era minha. E agora sumiu!
Então juntei a preguiça de colocar as idéias em ordem novamente e o fato de ainda esperar que o papel aparecesse e deixei que se passassem alguns dias sem que eu voltasse ao blog. E assim acaba passando muito tempo.
Fizemos a mudança para São Paulo no feriado de 9 de julho. Colocamos todas as caixas, malas e cacarecos nos carros e viemos todos juntos. Esperávamos que o carreto trouxesse o restante ainda no final do mês, então peguei emprestado um colchão do meu irmão e me vi dormindo como na república em Marília. No chão num quarto quase vazio. Cheguei a pensar por algumas vezes que deveria comprar uma cama nova ao invés de pagar um carreto para trazê-la para cá. Como moro numa rua pequena e mov…

Aprendendo a contar

Hoje, quando retornava para minha nova casa em São Paulo, vi uma pequena família caminhando a minha frente. Pai, mãe e um menino de no máximo três anos, todos de origem bem simples, parecendo recém chegados na cidade grande. 
O menino pulava a frente dos pais, a mãe ficava mais atrás, olhando sua cria enquanto o pai, animado, brincava com a criança. 
"1, 2,3,4,5,6,7,8,9, e ..."  "10" - respondia o menino.
E entao, para minha grande surpresa, o pai continuava instigando o menino a aprender.
"2,4,6,8,10"  Para ver o menino responder, com alguma dificuldade:  "1,3,5,7,9"
E depois, tudo de novo. Primeiro o pai, depois o filho. Era a mesma brincadeira, com números, de diversas maneiras... O pai inventava uma forma nova e contar e esperava que o menino soubesse qual seria o próximo número a ser dito. Em geral, o menino acertava. Mas também pulava e brincava e esquecia os números, mas o pai não se cansava, se o menino não prestava atenção, ele continuava a bri…

São Paulo. Finalmente????

Imagem
Esta semana minha atenção está focada em uma coisa: a mudança para São Paulo. Há malas pela casa toda, caixas com livros, louça, bugigangas e coisas que eu nem lembrava mais que possuía. E continuam aparecendo coisas de todos os cantos possíveis de meu minúsculo apartamento de um quarto em Santos. Parece impossível...

Depois de anos morando sozinha, em meu próprio espaço ( e com meu namorado) volto a morar em uma republica. Ter preocupações com meus colegas de apartamento, em dividir espaços comuns, onde certamente cada um irá querer de um jeito. E enfim, ter meu cantinho, meu pequeno espaço nesta cidade tão grande e tão caótica, mas que será meu novo lar pelos próximos anos. 
Na Terça-feira, feriado no estado de São Paulo, colocamos tudo em dois carros e subimos a serra para meu novo lar. Fui no carro com minha mãe, e meu Papassinos, Felipe e Mauri no outro. Eles chegaram antes e já colocaram tudo no quarto. Quando chegamos a casa já estava uma zona, com todas aquelas caixas e malas …

Caçando Maluquices

Imagem
Inspirada pelo blog "Diário de uma vida Estrangeira", resolvi fazer um post sobre minhas manias malucas. Todas as coisas esquisitas que pratico ou acredito... então respira fundo e vem comigo!

1. Só como em prato fundo. Prato raso não tem graça, todo mundo usa.

2. Só durmo de meia, mesmo num verão de 40ºC.

3. Quando eu era criança só ía para piscina de maiô, e só ía para a praia de biquini.

4. Em final de jogo do Santos, preciso assistir de "maria chiquinha". Não aquela no topo da cabeça, uma mais baixa; mas é o único jeito de me sentir confiante e ter fé no meu time. Vai entender, né?

5. Eu e meu pai temos um idioma próprio. Tudo que falamos termina em "inos". Eu o chamo de "papassinos", sou chamada de "filhotinas". Tenhos dois gatinos no meu apartamentinos, etc. E prontinos. E lógico, temos saudadinas monstrinas um do outro. E seus colegas de trabalho agora o chamam de "Popossinos" e chamam meu irmão de Zé Coisinas.

6. Sempr…

A paciência da mamãe.

Imagem
Eu ainda era bem pequena, mas me lembro muito bem de colocar os sapatos de salto da minha mãe e desfilar pela casa. Fazia uma bagunça, nao colocava nada no lugar. Tirava sapato da mãe, do pai, colocava um pé de um e outro do outro, enfileirava tudo, depois separava por cor e depois por tamanho. Bagunçava tudo de novo jogando tudo pro alto e tentava achar os pares com os olhos fechados. 
Claro. Meu quarto nao era nem de perto tão legal para brincar. Já o quarto dos meus pais... Tão simples, com um armário embutido em uma das paredes, uma cama de casal ao centro e a sua frente um móvel pequeno com uma tv. As cortinas eram de um bege sem cor, algo bem à moda antiga, com um tecido diferente que raspava no corpo. Eu também adorava esticar as cortinas até encostarem na cama, e colocava algo para segurar a cortina em cima da cama. Fazendo uma cabaninha. Isso, eu logo ensinei ao meu irmão. E ele corria para pegar almofadas da sala e eu montava nosso forte. Só fazíamos essas loucuras a noite, q…

Lendo Paulo Coelho

Imagem
Mais um livro que me inspira e que desejo compartilhar com vocês. Eu não esperava quase nada deste livro, já havia ouvido falarem muito mal dele, que era fraco e sem sentido. Ou simplesmente chato. Então comecei a ler sem pretensões e talvez, até mesmo um pouco de medo.

Eu já li Paulo Coelho antes e tenho segurança de dizer que gosto. Não ligo para as críticas que recebe por ser tão comercial ou o que for, eu o admiro mesmo assim. Admiro com meus olhos de bruxa e também de aspirante a escritora. Li “O Alquimista” e depois Brida, em inglês! Estava na Holanda e em uma de minhas viagens tive uma vontade louca de saber como um livro originalmente escrito em português seria em outro idioma. Então comprei Brida em inglês. Também gostei.

E hoje leio “A bruxa de Portobello”. Uma história pela qual estou apaixonada. Mas não é para a maioria, ela é densa, é diferente, é filosófica e inspiradora. Não é uma leitura comum. É sobre a transformação de uma pessoa em sua vida, aos nossos olhos. Cada …

Aniversário no Hopi Hari

Imagem
Tenho tido tão pouco tempo de me dedicar a mim que tenho deixado minha mina às moscas. Mas vou tentar escrever as novidades. Celebrei meu aniversário com uns poucos amigos com uma ida ao Hopi Hari. Foi uma aventura diferente. Fomos em seis amigos, que nao se conheciam direito, mas que queriam ter um dia para quebrar a rotina, de trabalho, trabalho, trabalho e dois dias para dormir e cuidar da casa. Todo mundo adulto. Todo mundo responsável... E todo mundo sem tempo.

Talvez por ter feito 27 anos e estar me aproximando dos "30"... este ano eu não queria festa, presentes... eu queria brincar. E brincar muito. Inicialmente queria ir a um parque aquático... mas nenhum amigo acatou a idéia e então surgiu o Hopi Hari... brincar, ser crianças, esquecer as responsabilidades. Correr pra lá e pra cá e gritar esquecendo da vida. Ficar sem voz e queimar o rosto até doer.

Então, no domingo passado marcamos um encontro lá no Hopi Hari, parque de diversões em Vinhedo. Foi a quinta vez que fui…

Sobre fazer aniversário!

Imagem
É isso, em menos de uma semana farei 27 anos. Quase não consigo acreditar. Quando era pequena e brincava de bpneca, eu dizia que iria casar aos 28 ou 29 anos, igual meus pais. E aos 30 gostaria de ter um filho. Hoje vejo o quanto meus sonhos e perspectivas mudaram. E como a imagem que eu fazia de mim quando criança era bem diferente.
Também achava que essa idade estava a anos-luz de mim. Era como uma era, algo que eu mal conseguia conceber. Não conseguia realmente ter idéia de que um dia realmente chegaria (e passaria) dos 25. Era como se a data fosse tão distante que fosse irreal. Hoje eu consigo quase apalpar minha própria velhice. Tudo parece muito mais real, próximo, vivo. E também consigo traçar planos. Mas há uma parte de mim (bem grande aliás) que acha que tudo está passando rápido demais. Como quando estava na Holanda; e em ambos os casos eu sinto que não estou aproveitando nada e nem conquistando nada. Parece que o tempo correu enquanto eu tentava pegá-lo com minhas mãos.
Todo …

Um mundo de Esmeraldas...

Imagem
O primeiro selinho feito pela Caçadora!
Sei que muitos não curtem selinhos, correntes ou coisas do tipo, mas tive uma idéia simpática que gostaria de compartilhar.

É bem simples e com esta brincadeira, você terá a chance de conhecer blogs divertidos e legais que nunca tinha imaginado que existissem. E de quebra divulga o seu.


Passo a Passo: 1. Dentre os blogs que você mais gosta e segue, selecione 3 blogs dos quais vocês gosta muito para presentear com o selinho. (Não esqueça de avisá-los!!!) 2. Entre nos blogs seguidos pelos seus escolhidos e cace blogs que você ainda não conheça, mas que tenha achado interessantes... Um novo blog para cada um dos seus indicados. E presentei-os também com o selinho... (Escreva se apresentando e indicando o selinho das esmeraldas) 3. Faça um post com o selinho, as regras e os endereços dos 3 blogs escolhidos e qual novo blog que você conheceu através de cada um deles. 4. Notifique a todos! Avise seus amigos e novos amigos para fazerem o mesmo... aume…

O dia do Respeito à Mulher!

Imagem
Não estou aqui para queimar sutiãs. Nem para falar de feminismo. Hoje é o Dia Internacional das mulheres e quero fazer um apelo aos homens. Sim, aos homens. E por quê? Pois estatisticamente eles são o gênero que mais pratica violência contra as mulheres. Coloco desta forma pois existem mulheres que agem da mesma forma consigo mesmas, com outras e ainda aquelas que justificam os atos de seus homens. E que acreditam que são culpadas pela violência a que estão expostas e que sofrem. Violência não é apenas o ato de ferir fisicamente. Palavras também machucam, também prendem ou libertam. Palavras vindas de alguém que amamos tem muito mais peso, muito mais verdade. E podem mexer com o emocional de qualquer um. E especialmente mexer com as mulheres, que vivem em um ambiente tipicamente patriarcal, machista e velado. Onde se faz vista grossa a essa violência. Pois o que as mulheres sofrem aqui é mascarado, pois ninguém aqui nos obriga a usar uma determinada roupa, corte de cabelo, ou ter cer…

Trago seu amor em 7 dias...

Imagem
Caminhando pela Brigadeiro Luís Antônio fico impressionada com o número de cartazes e panfletos com os seguintes dizeres “Trago seu amor de volta em 7 dias” e ainda “Pagamento após resultado”. Quadra após quadra lá estão os cartazes, dos mais variados, aparentemente de prestadores diferentes. Me pego pensando se esse tipo de propaganda tem efeito, se alguém em algum lugar vê o cartaz e pensa “Puxa, essa é minha chance. Esse cartaz parece que foi feito para mim... está sempre no meu caminho. Deve ser um sinal”.

  Os bairros em que encontro os cartazes são bairros bons, caros e o público que os vê é dos mais diversificados. Imagino que em todos os bairros da cidade, independente de sua condição, possamos ver essas propagandas. Mas onde atendem essas pessoas? Onde eles se encontram se não há nem nome nos cartazes, apenas telefones de celular e mais nada. Fico pensando se na verdade querem hackear seu número, pegar informações suas e de sua família para depois ligar simulando um seques…

Uma Esmeralda na Croácia - A Vencedora do Concurso

Imagem
Simples, delicada e singela. Foi desta forma que a foto de Luciana Melo conquistou 628 "likes" no Concurso "E eu nunca mais fui o mesmo", realizado entre os meses de novembro e dezembro na nossa página do blog no facebook. Quase consigo ver Luciana procurando a melhor pose para a foto. Procurando uma maneira de não estragar o cenário, de não parecer sem graça no meio daquela imensidão maravilhosa. Olhando em volta, sentido a brisa leve no seu rosto, nos seus cabelos e pensando que nunca mais vivenciaria algo assim. Algo tão grande, tão perfeito e tão natural! Ela fecha os olhos e respira fundo, tentando não esquecer daquele momento nunca mais. Tentando decorar o cheiro do ar e o gosto da paisagem. Olha ao seu redor, vê seus amigos ou família, vê quem ama; ali com ela, compartilhando da vista, das emoções, dos sentidos que aquele local ativou em todos. Olha em volta, caminha para perto daquela imensidão e vira de costas. "Pronto. Estou aqui." Coloca a mã…

Aventuras no Metrô

Imagem
Para quem acompanha o blog,  deve se lembrar de um relato meu de minha alegria ao andar num ônibus lotado, quente e abafado, mas sozinha sem precisar de ninguém. (Se você não leu, clica aqui ó). Então, eu não poderia deixar de relatar minhas novas experiências pelo metrô de São Paulo.
Eu já morei em São Paulo anos atrás. Dos meus 17 para 18 anos, quando estava na época do cursinho ( no Anglo Tamandaré). Era 2004, e eu também acordava cedo, pouco depois das 5:30hs da manhã e saía de casa pouco depois das 6hs para pegar metrô na estação Saúde e desembarcar na estação São Joaquim. Era um caminho curto e algumas vezes lotado, especialmente na volta. Na ida era simples.
Nos dias de hoje parece que mais e mais pessoas frequentam o metrô. E em todos os horários! Todos os horários mesmo! Chego ao metrô Santos-Imigrantes pouco depois das 7hs.  Durante as primeiras três semanas de trabalho, meu cartão de transporte não estava pronto, então toda manhã eu comprava duas passagens de metrô. Essa pa…

O primeiro dia de jornada

Imagem
Eu estava nervosa, cansada e desapontada. Tinha sido uma quinta-feira inquietante, que havia sinceramente diminuído minha vontade de entrar para o Grupo Pão de Açúcar, onde eu havia sido admitida. O primeiro dia seria já na manhã seguinte, uma sexta-feira.
Que ironia! Começar algo que mudará toda sua vida ( ou que deveria) justo numa sexta-feira. Qual o propósito? Naquela noite, anterior ao meu primeiro dia, eu quase não conseguia dormir. Virava para lá e para cá, sem achar nenhuma posição confortável.
Fui despertada às 4:50hs da manhã e logo apertei o botão da soneca. Muito cedo para mim! Mas não pude cochilar muito, em 8 minutos eu levantei e comecei a me arrumar para minha nova aventura. Um novo emprego. Ai!
Felipe levantou pouco depois, fez café, conferiu comigo tudo que eu havia colocado na mala e às 5:30hs fomos juntos ao ponto de encontro do fretado. Em muitos anos eu não acordava assim tão cedo. Chegamos muito cedo ao ponto e quase todo mundo que esperava já tinha partido quan…

As fotos do concurso " E eu nunca mais fui o mesmo"

Imagem
Começo o ano compartilhando toda minha alegria pelo sucesso do concurso "E eu nunca mais fui o mesmo". Foram 58 fotos postadas, de 28 pessoas em 35 países. Durante um mês muitas pessoas me mostraram locais onde sentiram sua vida mudar onde encontraram suas esmeraldas. Alguns locais exóticos e inacreditáveis, outros mais famosos e populares. Mas todos incríveis, todos me fazendo sonhar com uma nova viagem, uma nova vida e novas aventuras.

A todo momento eu corria na minha página no facebook, para ver quem tinha enviado uma foto nova e quem tinha sido votado. Eu era a mais animada. A cada foto eu vibrava e ficava torcendo. Parecia criança, vendo algo que criou ganhar vida.

O país que mais apareceu em fotos foi ...
foram 6 fotos na França! Fotos lindas, divertidas e de momentos certamente incríveis. Mila, Francine, Vanessa, Flávia, Liza e Milena mandaram à Caçadora suas fotos na terra da TorreEiffel. Elas conheceram os famosos bistrôs de ruas, comeram croissants e escutaram o b…